Reabilitação Avançada da Coluna Baseada no Sistema Subgrupos

O que é o sistema de classificação e tratamento por Subgrupos®?


O sistema Subgrupos é uma metodologia exclusiva e diferenciada de diagnóstico e tratamento criado por Fisioterapeutas da Universidade de Pittsburgh (EUA). É um modelo pautado ao máximo em evidências científicas.
Baseia-se em uma metodologia que ao diagnosticar os pacientes com dor lombar ou cervical classifica-os em diferentes grupos (chamados de subgrupos), de acordo com as características clínicas e físicas apresentadas no Exame de Avaliação Fisioterapêutica.
A diferença desta metodologia é que para cada subgrupo é feita uma prescrição específica de tratamento aumentando consideravelmente a chance da melhora. Geralmente os sistemas clássicos de tratamento da dor na coluna são muito dispendiosos financeiramente, devido ao número excessivo de intervenções Fisioterapêuticas necessárias para tentar controlar a dor.Qual a diferença do Fisioterapeuta que atua com o Sistema de Subgrupos®?O Sistema de Classificação e Tratamento por Subgrupos® (TBC) torna o profissional Fisioterapeuta mais eficiente em relação à escolha do tratamento ideal, evitando o excesso de intervenções desnecessárias em busca de um tratamento adequado a cada caso. Após uma criteriosa avaliação do paciente, o TBC mostra automaticamente ao profissional Fisioterapeuta quais ferramentas de tratamento são mais adequadas ao caso.
Este sistema é pautado em Evidências Científicas, caracteriza-se pelo exame físico criterioso, avaliação da disfunção gerada pela dor através de questionários específicos de diagnóstico funcional validados internacionalmente, além da avaliação das influências biopsicossociais presentes em cada caso.Quais são os oito pontos positivos dos Subgrupos®?

1- Método diagnóstico com clareza nos critérios clínicos e físicos.
2- Não requer o uso de equipamentos de alto custo para tratamento o que reduz o custo operacional do método.
3- Com o objetivo de potencializar os resultados, a reeducação dos hábitos de vida diária do paciente faz parte do modelo de tratamento por Subgrupos®.
4- O ritmo de tratamento é em média duas vezes por semana e o tempo de duração total pode variar de acordo com a gravidade do caso. Com a melhora evolui-se para uma vez por semana e depois a cada quinze dias até alcançar a alta Fisioterapêutica.
5- Não existe rigidez quanto ao número de sessões semanais. As prescrições são feitas de acordo com as possibilidades financeiras e disponibilidade de cada cliente.
6- Permite o tratamento à distância, com retornos periódicos, tornando possível a Reabilitação das pessoas que vivem em outras cidades.
7- Introduz rapidamente o movimento ao processo terapêutico, o que reduz os prejuízos físicos vistos no excesso de repouso de quem sente dor.
8- Por também utilizar-se de diversos métodos de exercícios para controle da dor, prescritos para realizar em casa a cada intervalo de tempo, o tratamento por Subgrupos® promove o que chamamos de empoderamento do paciente. Esta sensação produz aumento da capacidade de auto controle da dor.

WhatsApp chat